Outras Notícias

10/09/2018 11:45

Calor e disputas fortes marcam etapa do Machadinho do Oeste de Motocross

Num fim de semana de forte calor e muita emoção, pilotos das principais categorias aceleraram forte na pista do circuito Lauro Siconi, na etapa 2018 de Motocross de Machadinho do Oeste.

A festa que começou no sábado (8), com treinos livres e desfile para a escolha da Garota Cachoeira 28ª edição, foi marcada ainda por um show de Freestyle com manobras radicais do piloto Hugo Amaral # 51, vencedor da prova na MX2 Importada Pró, principal categoria do MotoCross rondoniense.

Eder Stenzil # 3, Evandro Bucioli # 27, Jhoan Pierre # 119, Marcos Paulo # 22 e ainda Willian Santos # 406, foram os vencedores das demais categorias disputadas na prova de Machadinho do Oeste.

Eder vence na MX3 Importada

Abrindo as disputas de uma série de baterias, pilotos da categoria MX3 Importadas travaram pegas acirrados. O destaque foi para o porto-velhense Eder Stenzil, que mesmo se recuperando de uma fratura no ombro, conseguiu cravar o melhor tempo no warm-up e, com uma boa largada, liderou a proa de ponta a ponta para vencer a corrida.

Marcione # 321 (Marcione Veículo), de Ji-Paraná, largou na segundo posição, mas perdeu a posição para Itamar Tadeu # 77 (ITF Multimarcas/Megabom), que chegou a pressionar o líder Eder Stenzil, mas terminou em segundo. Marcione ficou com a terceira posição, seguido por Mailson Evandro # 132 (MPA/Repsol/Pneus Vipal), de Porto Velho, na quarta posição e, em quinto, completou Thalles Rodrigues # 63 (Rondomotos), de Ariquemes.

Evandro Bucioli é absoluto na Nacional MX3/Novatos

Numa das baterias com o maior número de motos na pista, a Nacional MX3/Novatosf foi marcada por uma grande performance do piloto veterano Evandro Bucioli # 27 (Farmácia Fernanda/TR Diesel), de São Francisco do Guaporé. Com uma ótima largada, Evandro assumiu a ponta, deixando para trás a briga pela segunda colocação.

 

Andando num ritmo forte e intenso, Bucioli se manteve na ponta até a bandeirada final, com Borracha #216 (Erva Mata e Tereré Selecta), em segundo, Itamar Tadeu 377 (ITF Multimarcas/Tomaz MX School), de Cacoal em terceiro e Robson Santos #7 (Deus/Mega Motor), de Espigão,  na quarta posição e em quinto, completando o pódio Juliano Correa “Ligeirin” # 93 (Construmac/WCar), de Espigão do Oeste.

Pierre mantém a ponta na disputa da MX Júnior/Feminino

Envolvendo pilotos de idades variadas, na categoria MX Júnior e Feminino, a disputa foi marcada por mais uma grande atuação do piloto Jhoan Pierre # 119, de Porto Velho, que mesmo com a moto não tendo o melhor rendimento, sobrou na pista, largando na ponta e abrindo vantagem para os demais concorrentes.

Ainda na primeira curva, Vanessa Amaral # 10, de Ji-Paraná, se enroscou com Dudu # 222 (Auto Center/Líder Draga Vitória), com os dois pilotos fazendo uma corrida de recuperação. Contudo, Vanessa perdeu muito tempo tentando reativar a moto e comprometeu a corrida.

Pierre venceu, com Willian “Manobrinha” #93 (WCar Construmat), de Espigão do Oeste na segunda posição e Dudu # 222 em terceiro, Willian Santos # 406 (Waldir Máquinas Pesadas) em quarto e Gabriel Laia # 94 (MegaBom/Canapus Motos), de Cacoal, na quinta posição.

Marcos Paulo vence disputa na Nacional Pró

A tarde foi marcada ainda por uma disputa acirrada, com mais de 20 pilotos indo para a pista na Força Livre Nacional Pró, que começou equilibrada, com uma largada forte. Mostrando equilíbrio, com os pilotos tentando puxar a ponta da fila, a corrida foi bem disputada do início ao fim.

Evandro Bucioli # 27 (Farmácia Fernanda/TR Diesel) vinha liderando, mas um erro de traçado custou o ponto mais alto do pódio. O piloto Marcos Paulo # 20 (Dra Thaisa Rodrigues), de Ariquemes, que vinha na cola, assumiu a ponta, cruzando a linha de chegada em primeiro, com Evandro Bucioli em segundo.

Joel Júnior # 903 (Mega Bom/JF Materiais Eletrônicos), de Cacoal em terceiro, Fabrício Moreira # 50 (Posto Hawai/Royal Prime/Ariel), na quarta posição e Itamar Tadeu # 77 (ITF Multimarcas/Tomaz MX Scool), completando o pódio.

Entre os pequenos, Willian Santos venceu na MX Mirim

Na disputa da categoria que mais empolgou o público, as crianças pilotando motos de até 65cc proporcionaram uma corrida de muita emoção e garra, com os pequenos pilotos acelerando forte para chegar nas primeiras posições.  Mostrando força e domínio de sua Kawasaki, o piloto Willian Santos # 406 (Wldir Trator/Mãe Lilian), de Cacoal, foi o mais rápido, cruzando a linha de chegada em primeiro lugar e ocupando o lugar mais alto do pódio.

Gabriel Lais # 94 (MegaBom Sorvetes/Canopus Motos), também de Cacoal foi o segundo colocado, com Alisson Zanela # 200, de Rio Branco do Acre ficando em terceiro e a pequena Emily Zanella # 4, na quarta posição.

Hugo Amaral confirma rótulo do Rei de Machadinho

Correndo em uma das pistas em que mais acumula bons resultados, o piloto Hugo Amaral # 51, atualmente com uma companhia de Freestyle no Peru, foi o principal nome do dia na prova de Machadinho do Oeste.

Além de brindar o público com um show de manobras radicais, proporcionando saldos ousados em uma rampa mondada exclusivamente para a apresentação do Freestyle, Hugo venceu com folga as duas baterias da categoria Importada Pró, a MX2. Mesmo com uma tarde de calor intenso, os pilotos proporcionaram uma disputa forte, andando num ritmo intenso e levantando o público a cada salto e pegas, na briga por melhores posições.

Victor Carlos # 4 (Waldir Tratores/Rastrek Xera), de Cacoal venceu o duelo particular com Riderson Carlos # 80 (BKO/80 Moto Peças), de Rio Branco (AC). Vitinho ficou em segundo, com Riderson em terceiro, Walcenir “Leitão” Montes # 102, de Rolim de Moura em quarto e Luiz Azevedo # 17 (Instaladora São Luiz), de Cacoal na quinta posição.

A etapa de MX de Machadinho do Oeste foi mais uma realização da Liga Independente de Motocross do Estado de Rondônia (Limero), em parceria com a Prefeitura Municipal.

Por Chico Limeira


Banenr
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo